Um final de semana com Prometheus, de Ridley Scott, Deus da Carnificina, de Polanski, e Madagascar 3

Prometheus - pontocedecinema.blog.br

Michael Fassbender brilha no papel do robô David, em Prometheus, lembrando o Hal 9000 de 2001

Não há como negar, Prometheus, o novo filme de Ridley Scott, em pré-estreia, é o principal programa do final de semana, mesmo com a mão de Roman Polanski em Deus da Carnificina, adaptação da peça de Yasmina Reza, que ganhou boa carreira internacional depois de estrear no Festival de Veneza, no ano passado, e a animação Madagascar 3, certeza de boa diversão.

Prometheus é um filme deslumbrante de Ridley Scott, com cenários grandiosos e uma narrativa que acompanha o visual clean, com um toque de classe pouco visto no cinema atual. A influência clara é de Stanley Kubrick (2001 – Uma Odisseia no Espaço), mas toda a pretensão se perde do meio para o fim no resgate da atmosfera gosmenta da série Alien, pós filme de estreia.

Não dá para passar batido, entretanto, pela presença enigmática de Michael Fassbender como o robô David, o melhor personagem, a bordo da nave Prometheus, em expedição comandada pela impenetrável Meredith Vickers (Charlize Theron)er) e os cientistas Elizabeth Shaw (Noomi Rapace) e Charlie Holloway (Logan Marshall-Green) para desvendar a origem da humanidade.

Há uma discussão filosófica e aspectos religiosos em voga, questões como a ancestralidade que se diluem com o tempo para dar lugar ao terror freak, como já disse, da maioria dos filmes da série Alien. Aliás, Alien – O Oitavo Passageiro, dirigido pelo próprio Scott em 1979, foi o que sempre importou nesse universo estrelado por Sigourney Weaver. Ali, Weaver debutava na tela, em preciosos 116 minutos de explosão e sensualidade, no papel da tenente Ripley, única sobrevivente da nave Nostromus.

CARNAGE – Com roteiro escrito por PolansKi, e rodado em estúdios próximos a Paris, Deus da Carnificina conta com a presença de Jodie Foster, Kate Winslet, Christoph Waltz e John C. Reilly no elenco. Eles interpretam os dois casais que discutem e tentam solucionar uma briga entre seus filhos pré-adolescentes. Yasmina Reza é uma das mais prestigiadas autoras de teatro da atualidade e também participou da criação do roteiro do filme.

No mais, entre as estreias a conferir, um filme de tamática gay: Weekend, de Andrew Haigh. Além de A Velha dos Fundos, de Pablo Meza, Kaboom, de Gregg Araki, e Para Sempre, de Michael Sucsy.

#Leia a seguir as sinopses, conforme enviadas pelos exibidores, e veja os traileres dos filmes. Para saber mais sobre as estreias e pré-estreias, os filmes que continuam em cartaz, exibições e mostras especiais, além do horário, consulte Em cartaz, ao lado.

ESTREIAS

A VELHA DOS FUNDOS
De Pablo Meza. Argentina/ Brasil, 2010. Com Adriana Aizenberg, Martín Piroyansky e Rafael Sieg. Sinopse: Um universo pequeno, solitário. Um apartamento repleto de adornos e objetos obsoletos, onde a escuridão governa. Ali vive ela, Rosa – “a velha dos fundos”. Na frente, outro universo, solitário também: um apartamento atemporal, sem adornos, desprovido de objetos úteis. Ali vive ele, Marcelo, um estudante de medicina sem dinheiro e sem amigos. Tudo muda quando esses dois universos se misturam.

DEUS DA CARNIFICINA(Carnage)
De Roman Polanski. EUA, 2011. 12 anos. Com Jodie Foster, Kate Winslet, Christoph Waltz, John C. Reilly, Elvis Polanski e Eliot Berger. Adaptação da peça teatral de Yasmina Reza, ganhadora do Tony Awards. Acompanha a história de dois casais que se encontram depois de seus filhos se envolverem em uma briga na escola. O encontro é um desastre, mas serve para dar início a uma análise conjugal de ambos os casais.

KABOOM (Kaboom)
De Gregg Araki. EUA/ França, 2010. Com Thomas Dekker, Haley Bennett, Chris Zylka, Roxane Mesquida e Juno Temple. Smith tem uma rotina no dormitório da universidade: sair com a sarcástica amiga artista Stella, namorar a bela e liberal London e paquerar seu bonito e bobo colega de quarto, Thor. Mas tudo vira de cabeça para baixo depois de uma fatídica noite. Após comer biscoitos alucinógenos numa festa, Smith acredita ter testemunhado o assassinato de uma misteriosa garota ruiva, que fica assombrando seus pesadelos. O que ele descobre, enquanto tenta descobrir a verdade, leva-o cada vez mais a um mistério que mudará o rumo de sua vida.

MADAGASCAR 3 – OS PORCURADOS 3D (Madagascar 3: Europe Most Wanted)
De Eric Darnell e Tom McGrath. Animação. EUA, 2012. Livre. lex, Marty, Melman, Gloria, Rei Julien, Maurice, os pinguins e os chimpanzés encontram-se na Europa, como integrantes de um circo itinerante, numa tentativa de retornar a Nova York.

PARA SEMPRE (The Vow)
De Michael Sucsy. EUA, 2012. 12 anos. Com Rachel McAdams, Channing Tatum, Jessica Lange, Sam Neill e Jessica McNamee. Para Sempre acompanha Kim e Krickitt Carpenter, um casal que sofreu um grave acidente de carro logo após o casamento, e Kim ficou em coma por algum tempo. Quando desperta, ela não se lembra de nada ocorrido em sua vida.

WEEKEND (Weekend)
De Andrew Haigh. Reino Unido, 2012. 16 anos. Com Tom Cullen, Chris New e Jonathan Race. Depois de uma festa regada a álcool na casa de seus amigos heterossexuais, Russell decide passar por uma discoteca gay. Pouco antes de o local fechar, ele encontra Glen, e o que parecia ser no início apenas um caso de uma noite torna-se algo diferente, especial.

PRÉ-ESTREIA

Prometheus 3D (Prometheus)
De Ridley Scott. EUA, 2012. 14 anos. Com Noomi Rapace, Michael Fassbender, Charlize Theron, Idris Elba, Guy Pearce, Sean Harris e Logan Marshall-Green. Uma equipe de exploradores descobre novos indícios sobre as origens da humanidade na Terra, levando-os a uma aventura impressionante pelas partes mais sombrias do universo. Eles deverão vencer uma batalha cruel para salvar o futuro da raça humana. O nome do filme, Prometheus, é também o nome da aeronave utilizada por um grupo seleto de pessoas para investigar os fragmentos do DNA alienígena. Esta aventura baseia-se no ponto de partida de Alien, outra ficção científica de Ridley Scott passada quase inteiramente no espaço.

APENAS UMA NOITE (Last Night)
De Massy Tadjedin. EUA/ França, 2010. Com Keira Knightley, Sam Worthington, Eva Mendes, Guillaume Canet e Anson Mount. Michael e Joanna Reed formam um casal que parece ter tudo. Eles são jovens, atraentes e bem sucedidos. No entanto, tudo muda quando os Reeds vão a uma festa de trabalho de Michael, na qual Joanna presencia um momento suspeito entre o marido e sua nova bela colega de trabalho Laura. O incidente é fugaz e ambíguo e Joanna não tem certeza do que presenciou, mas a sombra da dúvida na relação do casal contamina seu amor.

O QUE EU MAIS DESEJO (Kiseki (I Wish)
De Hirokasu Koreeda. Japão, 2011. 12 anos. Com Koki Maeda, Ohshirô Maeda, Ryôga Hayashi, Cara Uchida e Kanna Hashimoto. No Japão, na ilha de Kyushu, dois irmãos vivem separados após o divórcio de seus pais. Koichi, o mais velho, mora com sua mãe no sul da ilha, e seu irmão mais novo, Ryunosuke, com o pai, no norte da ilha. O que o irmão mais velho deseja, acima de tudo, é que sua família viva junto novamente. Por isso, quando escuta de um amigo da escola a história de que um desejo pode ser realizado se feito no momento em que dois trens-bala se cruzam, ele decide organizar uma viagem secreta até o ponto de interseção dos trens, onde o milagre poderá acontecer.

OS ACOMPANHANTES (The Extra Man)
De Shari Springer Berman. EUA, 2010. 12 anos. Com Kevin Kline, Paul Dano, Katie Holmes, John C. Reilly. Depois de um embaraçoso incidente, o jovem Louis Ives é obrigado a deixar seu emprego e vai para Nova York, onde aluga um quarto no mesmo apartamento que vive Henry Harrison, um dramaturgo sem dinheiro e descontroladamente excêntrico. Louis logo consegue um novo emprego em uma revista ambiental, onde trabalha a naturalista obsessiva Mary. Ao conviver com seu vizinho Henry, Louis desperta sua imaginação e eles começam a desenvolver uma relação mentor-aprendiz, quando começam a trabalhar como acompanhantes das belas e ricas viúvas de Upper East Side.