Filme sobre tropicalismo investiga movimento que revolucionou a música e o comportamento nos anos 60

Tropicália - pontocedecinema.blog.br

Caetano assiste a imagens de acervo. Tropicália é a principal estreia da semana. Foto: Eduardo Martino/Div.

Tropicália, o documentário de Marcelo Machado que retoma o movimento liderado pelos baianos Gilberto Gil e Caetano Veloso, surge em uma semana pouco estimulante, marcada pela presença do espiritualista E a Vida Continua, de Paulo Figueiredo, e de outros fenômenos cinematográficos que ‘investigam’ situações que ultrapassam os limites da normalidade.

Residente Evil 5: Retribuição, sob a direção de Paul W.S. Anderson, traz de volta zumbis sedentos por carne humana, feitos assim por um terrível vírus desenvolvido por uma corporação. E Vizinhos Imediatos do 3º Grau, de Akiva Schaffer, perfila amigos que resolvem criar um grupo de vigilância na comunidade e descobrem que seus vizinhos são nada menos que extraterrestres.

Como diria Millôr: “Livre pensar é só pensar”.

Tropicália valeria a pena, não fossem os méritos indiscutíveis, apenas pelo tema, o Tropicalismo de Gil e Caetano (mas também de Gal, Mutantes, Tom Zé, Rogério Duprat e tantos outros) surgido no final dos anos 60, que plantaria sementes, renderia frutos e, anunciador, guardaria o mundo em si. “Meu coração não se cansa de ter esperança de um dia ser tudo o que quer”.

#Leia a seguir as sinopses, conforme enviadas pelos exibidores, e veja os traileres dos filmes. Para saber mais sobre as estreias e pré-estreias, os filmes que continuam em cartaz, exibições e mostras especiais, além do horário, consulte Em cartaz, ao lado.

ESTREIAS

E A VIDA CONTINUA (E a Vida Continua)
De Paulo Figueiredo. Brasil, 2012. 10 anos. Com Lima Duarte, Amanda Acosta, Luiz Baccelli, Ana Rosa, Luiz Carlos de Moraes e Rui Rezende. Ernesto (Luiz Bacelli) tem 50 anos e carrega consigo uma tragédia do passado que esconde com um sorriso bem-humorado. Ele conhece Evelina (Amanda Acosta), de 25 anos, ao ajudá-la na estrada, após o carro dela enguiçar. Ambos estão indo ao mesmo hotel e, aos poucos, constroem uma amizade sólida baseada também nas dificuldades enfrentadas ao longo da vida, já que Evelina está machucada emocionalmente devido à infidelidade do marido.

TROPICÁLIA
De Marcelo Machado. Brasil, 2011. 12 anos. Tropicália aborda o importante movimento musical homônimo liderado por Caetano Veloso e Gilberto Gil, no final dos anos 60. O documentário resgata uma fase na história do Brasil em que a cena musical fervilhava e os festivais revelavam vários novos talentos. Ao mesmo tempo, o país estava submetido à ditadura dos generais no poder.

RESIDENTE EVIL 5: RETRIBUIÇÃO 3D (Resident Evil: Retribution)
De Paul W.S. Anderson. Canadá/Alemanha, 2012. 16 anos. Com Milla Jovovich, Sienna Guillory, Michelle Rodriguez, Binbing Li e Boris Kodjoe. O terrível vírus desenvolvido pela Umbrella Corporation continua a causar estragos por toda a Terra, transformando as pessoas em zumbis famintos por carne humana. Alice (Milla Jovovich) é a última esperança da espécie humana e lidera um movimento de resistência. De Tóquio a Nova York, passando por Washington e Moscou, ela persegue os responsáveis pela infecção.

VIZINHOS IMEDIATOS DO 3º GRAU (The Watch)
De Akiva Schaffer. EUA, 2012. 12 anos. Com Ben Stiller, Vince Vaughn, Jonah Hill, Richard Ayoade, Rosemarie DeWitt e Doug Jones. Evan (Stiller), Bob (Vaughn), Franklin (Hill) e Jamarcus (Ayoade) vivem no subúrbio e, para fugir da monotonia, resolvem formar um grupo de vigilância da comunidade, que os ocupa um dia por semana. Só que eles acabam descobrindo que seus vizinhos são, na verdade, alienígenas disfarçados de humanos. É o suficiente para que decidam combatê-los, pos se consideram a última esperança da humanidade.

PRÉ-ESTREIAS

BEM AMADAS (Les Bien-aimés)
De Christophe Honoré. França/ Reino Unido/ República Checa, 2011. 14 anos. Com Chiara Mastroianni, Catherine Deneuve, Ludivine Sagnier, Louis Garrel. De Paris na década de 1960 à Londres nos 2000. Retrata a história de vida de Madeleine e sua filha, Vera, abordado o relacionamento delas com os homens de suas vidas. Busca responder: como resistir à passagem do tempo e resolver os nossos mais profundos sentimentos?

POLÍSSIA (POLISSE)
De Maïwenn. França, 2011. 16 anos. Com Maïwenn, Joey Starr, Karin Viard, Marina Foïs e Naidra Ayadi. O cotidiano de policiais da Brigada de Proteção aos Menores é formado de prisões de pedófilos, de detenções juvenis, de testemunhos de crianças maltratadas, mas também da pausa do almoço onde se fala dos problemas pessoais, da solidariedade entre colegas e das crises de riso nos momentos mais inimagináveis. Como esses policiais conseguem conciliar suas vidas privadas e a realidade a que são confrontados? Vencedor do prêmio do júri no Festival de Cannes 2011. 13 indicações do César Awards 2012, sendo premiado como Melhor Montagem e Melhor Atriz Revelação (Naidra Ayadi) no César Awards 2012.

TED (Ted)
De Seth MacFarlane. EUA, 2012. 16 anos. Com Mark Wahlberg, Mila Kunis, Giovanni Ribisi, Joel McHale, Jessica Stroup e Patrick Warburton. É Natal e o pequeno John tem apenas um pedido a fazer a Papai Noel: que seu ursinho de pelúcia, Ted, ganhe vida. O garoto fica surpreso ao perceber que seu pedido foi atendido e logo eles se tornam grandes amigos. John e Ted crescem juntos e o urso de pelúcia se torna bastante mal-humorado com a idade. Já adulto, John (Mark Wahlberg) precisa decidir entre manter a amizade de infância ou o namoro com Lori Collins (Mila Kunis).

UM VERÃO ESCALDANTE (Un été Brûlant)
De Philippe Garrel. Itália / França/ Suíça, 2011. 16 anos. Com Monica Bellucci, Louis Garrel, Céline Sallette e Jérôme Robart. Paul e Frédéric são amigos inseparáveis. Frédéric é pintor e vive com Angèle, atriz que está filmando em Roma. Paul faz alguns trabalhos como figurante em filmes. Em um set de filmagem, conhece Élisabeth e os dois se apaixonam. Os três amigos viajam juntos para passar as férias de verão em Roma.