Thriller futurista e documentário sobre médicos voluntários na Amazônia polarizam atenções

Looper - Assassinos do Futuro - pontocedecinema.blog.br

Paul Dano e Joseph Gordon Levitt em Looper - Assassinos do Futuro, principal estreia comercial da semana

Em um final de semana sem grandes estreias nos cinemas, polarizam as atenções Expedicionários, documentário brasileiro que acompanha médicos voluntários no exercício da profissão na Amazônia, e Looper – Assassinos do Futuro, um drama que mistura ficção científica com elementos de thriller sobre a máfia e traz Bruce Willis e Joseph Gordon-Levitt no elenco. Mas a variedade está mesmo entre as pré-estreias. Nada menos que sete filmes à escolha: A Arte de Amar, Bem Amadas, Hotel Transilvânia, La Vida Útil, My Way, Os Infiéis e Polissia. Boa tela.

#Leia a seguir as sinopses, conforme enviadas pelos exibidores, e veja os traileres dos filmes. Para saber mais sobre as estreias e pré-estreias, os filmes que continuam em cartaz, exibições e mostras especiais, além do horário, consulte Em cartaz, ao lado.

ESTREIAS
EXPEDICIONÁRIOS
De Otávio Cury. Brasil, 20 Livre. O documentário acompanha o trabalho dos Expedicionários da Saúde, organização sem fins lucrativos. Já realizaram mais de 900 consultas e cerca de 200 cirurgias na região da floresta amazônica.

LOOPER – ASSASSINOS DO FUTURO (Looper)
De Rian Johnson. EUA, 2012. 16 anos. Com Bruce Willis, Joseph Gordon-Levitt, Emily Blunt, Jeff Daniels e Piper Perabo. Em um futuro não muito distante, as viagens no tempo existem, mas não são permitidas. Entretanto, um grupo de assassinos da máfia, os chamados Loopers, as utilizam para encobrir vestígios de seus assassinatos, enviando as vítimas de volta ao passado.

SODENHEIM COMPANY
De Larry Price. EUA, 2011. 12 anos. Com Neil Patrick Harris, Christine Hendricks, Jon Cryer e Patti LuPone. A produção da New York Philharmonic foi gravada ao vivo em 2011. Escrito e composto por Stephen Sondheim, o musical se passa em uma série de insights e conta a história de Robert, um homem solteiro que não consegue se comprometer com relacionamentos amorosos.

PRÉ-ESTREIAS
A ARTE DE AMAR (L´art d´aimer)
De Emmanuel Mouret. França, 2011. 14 anos. Com François Cluzet, Julie Depardieu. No exato momento em que nos apaixonamos, produz-se em nós uma música peculiar. Ela é diferente para cada um e pode surgir em momentos inusitados… Cinco histórias sobre a arte de amar, cujos personagens se cruzam ao acaso.

BEM AMADAS (Les Bien-aimés)
De Christophe Honoré. França/ Reino Unido/ República Checa, 2011. 14 anos. Com Chiara Mastroianni, Catherine Deneuve, Ludivine Sagnier, Louis Garrel. De Paris na década de 1960 à Londres nos 2000. Retrata a história de vida de Madeleine e sua filha, Vera, abordado o relacionamento delas com os homens de suas vidas. Busca responder: como resistir à passagem do tempo e resolver os nossos mais profundos sentimentos?

HOTEL TRANSILVÂNIA 3D (Hotel Transylvania)
De Genndy Tartakovsky. EUA, 2012. Livre. Vozes na versão original de: Adam Sandler, Selena Gomez e Steve Buscemi. Bem-vindo ao Hotel Transilvânia, o resort 5 estrelas do Drácula, onde monstros e suas famílias podem viver, serem livres para serem monstros sem humanos para incomodá-los. Em um fim de semana especial, Drácula convidou os monstros mais famosos – Frankenstein e sua noiva, a Múmia, o Homem Invisível, uma família de lobisomens, dentre outros – para comemorar o aniversário de 118 anos de Mavis. Para Drácula, cuidar de todos esses monstros lendários não é problema, mas seu mundo vem abaixo quando um garoto normal acaba indo parar no hotel e se aproxima de Mavis.

LA VIDA ÚTIL – UM CONTO DE CINEMA (La Vida Útil – Um Cuento de Cine)
De Federico Veiroj. Uruguai/ Espanha, 2011. 12 anos. Com Jorge Jellinek, Manuel Martinez Carril e Paola Venditto. Um empregado da Cinemateca de Montevideo se vê obrigado a reajustar sua vida depois de 25 anos trabalhando no lugar. Prêmios de melhor filme do Festival de Havana 2010; prêmio do júri internacional no Festival Internacional du filme La Roche-Sur-Yon, França 2011, prêmio de Melhor Ator (Jorge Jellinek) no Festival de Havana e no Festival de Buenos Aires.

MY WAY, O MITO ALÉM DA MÚSICA (Cloclo)
De Florent Emilio Siri. França, 2012. 14 anos. Com Jérémie Renier, Benoit Magimel,Monica Scattini. História do astro francês Cloclo, carismático no palco e profissional de marketing, máquina de sucessos e dono de imprensa, mas também pai de família e sedutor… Um homem complexo, múltiplo, sempre apressado, profundamente moderno e disposto a tudo para ser amado.

OS INFIÉIS (Les infidèles)
De Emmanuelle Bercot, Fred Cavayé, Alexandre Courtès, Jean Dujardin, Michel Hazanavicius, Jan Kounen, Eric Lartigau, Gilles Lellouche. França, 2012. 16 anos. Com Jean Dujardin, Gilles Lellouche, Lionel Abelanski, Fabrice Agoguet e Pierre Benoist. Dividido em esquetes, o longa é composto de diversas situações cômicas que retratam a infidelidade masculina pela perspectiva de seus realizadores.

POLÍSSIA (POLISSE)
De Maïwenn. França, 2011. 16 anos. Com Maïwenn, Joey Starr, Karin Viard, Marina Foïs e Naidra Ayadi. O cotidiano de policiais da Brigada de Proteção aos Menores é formado de prisões de pedófilos, de detenções juvenis, de testemunhos de crianças maltratadas, mas também da pausa do almoço onde se fala dos problemas pessoais, da solidariedade entre colegas e das crises de riso nos momentos mais inimagináveis. Como esses policiais conseguem conciliar suas vidas privadas e a realidade a que são confrontados? Vencedor do prêmio do júri no Festival de Cannes 2011. 13 indicações do César Awards 2012, sendo premiado como Melhor Montagem e Melhor Atriz Revelação (Naidra Ayadi) no César Awards 2012.