Gatsby pode fazer a diferença em Cannes

O Grande Gatsby - pontocedecinema.blog.br

O filme de Baz Luhrmann, com Leonardo DiCaprio e Carey Mulligan, abre o Festival de Cannes

Nova adaptação do célebre livro de F. Scott Fitzgerald, O Grande Gatsby (The Great Gatsby) abre o 66º Festival de Cannes, que acontece de 15 a 26 de maio no balneário francês. Dirigido pelo australiano Baz Luhrmann (Strictly Ballroom e Moulin Rouge), o filme será exibido em 3D, na seleção oficial fora da competição, no Grand Théâtre Lumière do Palais des Festivals.

O Grande Gatsby narra a trajetória do trágico Jay Gatsby (Leonardo DiCaprio, papel de Robert Redford na versão de 1974, dirigida por Jack Clayton). Rico, ele agora circula pelo universo de brilhos e bolhas dos anos 20, na costa leste dos Estados Unidos, e está disposto a reconquistar a encantada Daisy Buchanan (Carey Mulligan, vivida por Mia Farrow na primeira versão).

Filme aguardado com expectativa, a nova versão de O Grande Gatsby reúne elenco de prestígio que inclui Tobey Maguire, Joel Edgerton, Jay -Z e Amitabh Bachchan. Pode fazer a diferença em relação ao filme de Clayton, o prestigiado diretor de Almas em Leilão (1958) e Os Inocentes (1961), que, embora sob o sutil e sofisticado do roteiro escrito por Francis Ford Coppola, não foi bem-recebido no seu lançamento. Ganhou apenas dois Oscar: trilha sonora e figurino.