Mar e embarcação são indícios de sensação de instabilidade e segurança em O Mestre

O Mestre - pontocedecinema.blog.br

O MESTRE – Inspirado em L. Ron Hubbard, criador da cientologia, doutrina religiosa polêmica notabilizada pelo ator Tom Cruise, O Mestre acompanha a trajetória do marinheiro Freddie Quell (Poenix). Concentra-se no encontro com o cientista Lancaster Dodd (Hoffman), criador de uma seita chamada A Causa, que lhe oferece alento à vida errante de veterano da Segunda Guerra Mundial inadaptado ao convívio social.

O filme mostra dois atores em grande forma e tem como um dos destaques, além da habilidade narrativa, a capacidade incomum de produzir ideias a partir da conjugação de recursos fotográficos com a trilha sonora. E com razão um dos empregos do marinheiro é como fotógrafo.

Um exemplo: pouco antes de conhecer Dodd, logo no início do filme, Quell é perseguido por um grupo depois de cometer um desatino. Ele caminha na noite escura em que se ouve uma variação de som da trilha um tanto estranha de Jonny Greenwood, tendo à frente circulos desfocados de luzes, em sinalização à desorientação do personagem.

Muda-se o foco, altera-se completamente o sentido, dá-se uma esperança a Quell: vemos um navio iluminado em festa, tocando um standard da canção norte-americana. Corte. Depois de uma noite no navio, ele conheçe Dodd e o grupo d’A Causa, com quem sairá em viagem para Nova York.

O Mestre vai se manter em uma linha meio vaga, a partir de então, que diz respeito à confiabilidade da seita e de seu criador. O mar, visto de cima do navio logo na abertura do filme, com a imagem sendo repetida como um leitmotiv, designa a natureza explosiva do marinheiro, compondo, com a embarcação, a grande metáfora da impressão de segurança e instabilidade que a relação entre os dois, e o que os circunda, produz.

FICHA TÉCNICA
Diretor: Paul Thomas Anderson
Elenco: Joaquin Phoenix, Amy Adams, Philip Seymour Hoffman, Laura Dern, Jesse Plemons, Rami Malek, Jillian Bell, Kevin J. O’Connor, W. Earl Brown
Produção: Paul Thomas Anderson, Megan Ellison, Daniel Lupi, JoAnne Sellar
Roteiro: Paul Thomas Anderson
Fotografia: Mihai Malaimare Jr.
Trilha Sonora: Jonny Greenwood
Duração: 138 min.
Ano: 2012
País: EUA
Classificação: 14 anos