Hitchcock destaca mulher do ‘mestre do suspense’ como esteio de Psicose

Hitchcock - pontocedecinema.blog.br

HITCHCOCK – O nome certo de Hitchcock, de Sacha Gervasi, é Alma Reville. Interpretada sob medida pela atriz inglesa Helen Mirren, a mulher do ‘mestre do suspense’ é o melhor que há no filme que tenta fazer uma radiografia de um dos períodos mais turbulentos vividos por Alfred Hitchcock em sua carreira de produções para o cinema e a televisão, encerrada em 1976 com Trama Macabra.

Ao saber sobre a intenção do marido de matar a personagem principal de Psicose na primeira metade do filme, Alma não hesita: “Mate nos primeiros 30 minutos”. Esta é uma das principais interferências da mulher de Hitchcock no filme que tem uma das sequências mais conhecidas do cinema em todos os tempos, a do assasinato no chuveiro, vivida por Janet Leigh, palidamente mimetizada em Hitchcock por Scarlett Johansson.

Aliás, não é novidade a participação da mulher como esteio na produção inventiva de Alfred Hitchcock. O próprio cineasta deu indícios disso em seu penútimo filme, Frenesi, de 1972. Ali, Hitchcock solucionou a série de crimes da gravata, que acontece em Londres, por meio de uma subtrama tranquila e bem-humorada envolvendo o inspetor chefe responsável pelo caso e sua esposa.

À primeira vista uma tonta, sem o mínimo dote culinário (todos os pratos que a Sra. Oxford faz são discretamente lançados no lixo pelo inspetor Oxford), é ela quem contribui dando toques, que em um primeiro momento parecem sem sentido, para se chegar ao verdadeiro assassino de Frenesi.

No mais, o filme de Sacha Gervasi, inspirado no livro Alfred Hitchcock and The Makin Of Psycho, de Stephen Rebello, é um compêndio interessante, mas travado – como a interpretação de Anthony Hopkins encarnando o cineasta -, sobre o período entre duas pré-estreias, Intriga Internacional (1959) e Psicose (1960), centrado nas filmagens do segundo.

Não obstante os problemas com a Paramount, o Código Hays, que exerceu censura até o início dos anos 60, e em casa, com Alma, que embora tenha sido uma mão na roda para a conclusão de Psicose, e mesmo por causa disso, cada vez mais se afastava, levantando suspeitas de que o traía com um roteirista inexpressivo, Psicose tonou-se um dos melhores filmes – e maiores sucessos – do cineasta britânico. Assistir a Hitchcock vale muito por isso.

FICHA TÉCNICA
Diretor: Sacha Gervasi
Elenco: Anthony Hopkins, Helen Mirren, Scarlett Johansson, Danny Huston, Toni Collette, Michael Stuhlbarg, Michael Wincott, Jessica Biel, James D’Arcy e Richard Portnow.
Produção: Joe Medjuck, Ivan Reitman, Tom Thayer, Alan Barnette
Roteiro: John J. McLaughlin, Stephen Rebello
Fotografia: Jeff Cronenweth
Trilha Sonora: Danny Elfman
Duração: 99 min.
Ano: 2013
País: EUA
Classificação: 12 anos