Helmut Berger, o deus louro de Visconti, imita Marlene Dietrich

Helmut Berger - pontocedecinema.blog.br

Vejam abaixo as duas sequências postadas e comparem:
Helmut Berger em Os Deuses Malditos (1969), de Luchino Visconti, evocando O Anjo Azul, escandalizando a família, ao cantar e dançar como Marlene Dietrich no papel de Lola-Lola, uma cantora de cabaré, no filme dirigido por Josef von Sternberg em 1930. A sequência acontece logo no início, quando o patriarca da família, o barão Joachim Von Essenbeck (Albrecht Schoenhals) comunica sua saída de cena do comando do império de usinas de aço. O ano em que se passa a história é 1933. Os Deuses Malditos faz parte da trilogia alemã de Luchino Visconti, ao lado de Morte em Veneza e Ludwig.

Dizem que um dia Helmut Berger recebeu um bilhete com a foto do filme e a seguinte pergunta: qual é a mais bela? A assinatura era de Marlene Dietrich. Berger trabalhou com nomes como Vittorio De Sica (Os Jardins dos Finzi Contini), Joseph Losey (A Inglesa Romântica) e Claude Chabrol (Fantomas), mas foi com Visconti que ganhou notoriedade. Logo depois de ser introduzido em um pequeno papel no episódio A Bruxa Queimada Viva, do filme As Bruxas, fez, com o diretor de Rocco e Seus Irmãos, o Martin de Os Deuses Malditos, o papel título de Ludwig e o Konrad de Violência e Paixão.