As estreias e pré-estreias da semana de Carnaval

A Invenção de Hugo Cabret - pontocedecinema.blog.br

Forte concorrente ao Oscar, A Invenção de Hugo Cabret é a principal estreia da semana de Carnaval

O destaque, entre as estreias desta sexta-feira (17/2), é A Invenção de Hugo Cabret, filme em que o cineasta norte-americano Martin Scorsese se aventura pelo universo 3D e com o qual concorre a nada menos que 11 Oscar.

No rastro, estreiam O Homem Que Mudou o Jogo, com Brad Pitt, no páreo por seis estatuetas, contando a história de um homem que muda as regras no sistema de contratação de jogadores para um time de basebal, e o badalado A Dama de Ferro, que concorre a dois prêmios da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood.

Tem a volta do Motoqueiro Fantasma, em segunda parte, e o nacional Reis e Ratos, contando com Selton Mello, Rodrigo Santoro e Cauã Reymond no elenco. No mais, confira também as pré-estreias. Mas olho vivo: na semana de Carnaval, os horários são diferenciados e os cinemas situados no centro da folia só abrem na (ou depois da) Quarta-feira de Cinzas.

Leia a seguir as sinopses, conforme enviadas pelos exibidores, e veja os traileres dos filmes. Para saber mais sobre as estreias e pré-estreias, os filmes que continuam em cartaz, exibições e mostras especiais, além do horário, consulte Em cartaz, ao lado.

ESTREIAS

A DAMA DE FERRO (The Iron Lady)
De Phyllida Lloyd. Reino Unido, 2011. 12 anos. Com Meryl Streep, Jim Broadbent e Richard E. Grant. Antes de se posicionar e adquirir o status de verdadeira dama de ferro na mais alta esfera do poder britânico, Margaret Thatcher (Meryl Streep) teve que enfrentar vários preconceitos na função de primeira-ministra do Reino Unido em um mundo até então dominado por homens. Durante a recessão econômica, causada pela crise do petróleo no fim da década de 1970, a líder política tomou medidas impopulares, visando à recuperação do país. Seu grande teste, entretanto, foi quando o Reino Unido entrou em conflito com a Argentina na conhecida e polêmica Guerra das Malvinas. Concorre a 2 Oscar: melhor atriz e melhor maquiagem.

A INVENÇÃO DE HUGO CABRET 3D (Hugo)
De Martin Scorsese. EUA, 2011. Livre. Com Ben Kingsley, Sacha Baron Cohen, Asa Butterfield, Chloë Grace Moretz e Ray Winstone. Baseado no best-seller de Brian Selznick, The Invention of Hugo Cabret, é ambientado nos anos 1930 e conta a história de Hugo, garoto de 12 anos de idade que perdeu os pais e vive ao lado de um tio escondido numa estação de trem de Paris. Um dia Hugo conhece a garota Isabelle, com quem irá compartilhar alguns segredos na tentativa de solucionar um grande mistério que envolve o próprio pai e um robô. Concorre a 11 Oscar: filme, direção, roteiro adaptado, trilha sonora, edição de som, efeitos visuais, mixagem de som, direção de arte, fotografia, figurino, edição.

O HOMEM QUE MUDOU O JOGO (Moneyball)
De Bennett Miller EUA, 2011. 10 anos. Com Brad Pitt, Jonah Hill, Philip Seymour Hoffman, Robin Wright e Chris Pratt. A história de Billy Beane, gerente geral do time de basebol Oakland A e sua tentativa bem sucedida de reduzir o orçamento do clube usando um programa de computador para escolher seus jogadores. Concorre a 6 Oscar: filme, ator, ator coadjuvante, roteiro adaptado, mixagem de som, edição.

MOTOQUEIRO FANTASMA 2 3D (Ghost Rider: Spirit of Vengeance)
De Mark Neveldine e Brian Taylor. EUA e Emirados Árabes, 2011. 12 anos. Com Nicolas Cage, Violante Placido, Ciarán Hinds, Idris Elba, Johnny Whitworth e Fergus Riordan. Johnny Blaze, também conhecido como o Motoqueiro Fantasma, está escondido na Europa Oriental quando é chamado para tentar impedir que o demônio adquira forma humana.

REIS E RATOS (Reis e Ratos)
De Mauro Lima. Brasil, 2011. 14 anos. Com Selton Mello, Rodrigo Santoro, Cauã Reymond, Dan Klabin e Paula Burlamaqui. O filme traz situações que conduzem o espectador pela atmosfera conspiratória das vésperas do golpe militar de 1964. Às voltas com o golpe, um agente da CIA que atua no Brasil trama pequenas conspirações com o intuito de evitar que uma guerra civil se instaure no país.

PRÉ-ESTREIAS
A MULHER DE PRETO (The Woman in Black)
De James Watkins. Inglaterra, Canadá, Suécia, 2012. 14 anos. Com Daniel Radcliffe, Emma Shorey, Molly Harmon, Sophie Stuckey e Misha Handley. Adaptação do romance homônimo de Susan Hill. Arthur Kipps é um jovem advogado que viaja a uma pequena cidade britânica para examinar documentos de um cliente que morreu. Ali, vivendo numa casa velha e isolada, começa a ser assombrado por fantasmas e descobre segredos terríveis da família.

AS MULHERES DO 6º ANDAR (Les Femmes Du 6ème Étage)
De Philippe Le Guay. FRA,11. 1:45. 16 anos. Com Fabrice Luchini e Carmen Maura. Paris dos anos 60. A vida de um casal conservador é virada de cabeça para baixo com a chegada de duas governantas espanholas ao prédio onde moram. Seleção Oficial do Festival de Berlim 2011.

A SEPARAÇÃO (Jodaeiye Nader az Simin)
De Asghar Farhadi. IRÃ,12. 2:00. 12 anos. Com Peyman Moaadi e Leila Hatami. Início do século XX: Nader e Simin divergem sobre a possibilidade de deixar o Irã. Simin quer deixar o país para dar melhores oportunidades a sua filha. Nader, no entanto, quer continuar no Irã para cuidar de seu pai, que sofre do Mal de Alzheimer. Concorre ao Oscar de melhor filme estrangeiro e melhor roteiro original.

INQUIETOS (Restless)
De Gus Van Sant. EUA,11. 1:30. 14 anos. Com Mia Wasikowska e Jane Adams. Órfão desde pequeno, Enoch é criado por uma tia e desenvolve uma série de manias, entre elas, frequentar funerais. Um dia, conhece sua alma gêmea em Annabel, que costuma fazer a mesma coisa. Uma ligação natural acontece. Do mesmo diretor de Milk e Elefante. Seleção Oficial Cannes 2011.

ROMÂNTICOS ANÔNIMOS (Les Emotifs Anonymes)
De Jean-Pierre Améris. Fra/Bel,10. 10 anos. Com Benoît Poelvoorde e Isabelle Carré. Jean-René é o dono de uma pequena fábrica de chocolate e Angélique é uma brilhante confeiteira que trabalha para ele. Unidos pelo chocolate, não demora muito para que acabem se apaixonando. Mas o sentimento terá de superar uma prova difícil: ambos sofrem de uma timidez patológica que quase lhes impossibilita relações com outras pessoas.