Em As Aventuras de Pi, Ang Lee refugia-se na lenda que substitui a lenda como verdade imediata

As Aventuras de Pi - pontocedecinema.blog.br

AS AVENTURAS DE PI – O que em John Huston quase sempre se transforma em nada (recorde-se, como exemplo, a riqueza que se vai com a poeira, no final de O Tesouro de Sierra Madre, 1946), uma forma de constatar a inutilidade da aventura e da vida, em Ang Lee surge como representação da necessidade de preservação da própria natureza, pelo homem. Em As Aventuras de Pi, esse instinto ganha acentos de nobreza, porque vai se concretizar no confronto com e em prol da natureza selvagem. E se manifesta ainda na necessidade de Pi, de volta à civilização, reinventar a verdade ou a lenda. Leia mais.

FICHA TÉCNICA
Diretor: Ang Lee
Elenco: Tobey Maguire, Irrfan Khan, Gérard Depardieu, Suraj Sharma, Adil Hussain, Ayush Tandon
Produção: Ang Lee, Gil Netter, David Womark
Roteiro: David Magee, baseado na novela Yann Martel
Fotografia: Claudio Miranda
Trilha Sonora: Mychael Danna
Duração: 129 min.
Ano: 2012
País: EUA
Classificação: Livre