Denzel Washington é o destaque de O Voo, de Robert Zemeckis, a principal estreia da semana

O Voo - pontocedecinema.blog.br

Denzel Washington, no papel do comandante de uma aeronave em pane, concorre ao Oscar de melhor ator

A principal estreia é O Voo, de Robert Zemeckis, que traz Denzel Washington em mais um momento de destaque na carreira ao interpretar o experiente piloto de avião Whip Whitaker, que, mesmo depois de uma noite virada no sexo, no álcool e nas drogas, consegue evitar mal maior, salvando quase todos a bordo, com uma manobra absurda, no comando de uma aeronave que enfrenta turbulências.

O destaque é mesmo Washington, que concorre ao oscar de melhor ator. Em tempos de discussões sobre consumo de álcool e outras drogas ao volante, o filme se sustenta com argumento paroxístico. Não mereceria Whitaker, pela ação heroica, passar batido? Dado como herói num primeiro momento, sua jornada prossegue ancorada em ações que tentam livrá-lo da responsabilidade pelo acidente, enquanto ele mesmo empreende uma descida ao inferno.

História que reúne elementos típicos de filme de tribunal, O Voo cumpre jornada parecida à da aeronave pilotada por Whitaker, ao procurar soluções fáceis rumo a um desfecho redentor, em meio a exageros estilísticos (um deles é a presença de John Goodman como o amigo que fornece drogas ao piloto, repetindo cacoetes típicos dos filmes dos irmãos Coen) para realçar o momento crucial de Whitaker.

#Leia a seguir as sinopses, conforme enviadas pelos exibidores, e veja os trailers dos filmes. Para saber mais sobre as estreias e pré-estreias, os filmes que continuam em cartaz, exibições e mostras especiais, além do horário, consulte Em cartaz, ao lado.

ESTREIAS

AS AVENTURAS DE TADEO (Las Aventuras de Tadeo Jones)
De Enrique Gato. Espanha, 2012. Livre. Tadeo (Óscar Barberán) é um trabalhador simples, mas de espírito aventureiro e sonhador, que vive em Chicago. Um dia, ele é confundido com um arqueólogo bastante conhecido e é enviado para uma expedição no Peru. Lá ele precisa enfrentar uma organização criminosa que, especializada em roubar tesouros, deseja agora saquear uma mítica cidade inca que acaba de ser descoberta. Para impedir que isto aconteça, Tadeo conta com a ajuda de seu fiel cachorro Jeff, a professora de arqueologia Sara (Michelle Jenner) e o guia Freddy (José Mota).

FOGO CONTRA FOGO Digital (Fire with Fire)
De David Barrett. EUA, 2012. 14 anos. Com Bruce Willis, Josh Duhamel, Rosario Dawson, Vincent D’Onofrio, 50 Cent, Arie Verveen, Bonnie Somerville, Danny Epper e James Lesure. Após um cansativo dia de trabalho, o jovem bombeiro Jeremy Coleman (Josh Duhamel) sai para beber com os amigos – mas acaba presenciando um crime brutal. Auxiliando o detetive Mike Cella (Bruce Willis), ele concorda em identificar o agressor. Mas o assassino comprova que sabe quem ele é e começa a ameaçá-lo. Forçado a abandonar sua carreira e integrar o programa de proteção às testemunhas, Jeremy tenta reconstruir sua vida. Mas uma inesperada virada judicial coloca o criminoso de volta nas ruas. Desta forma, o ex-bombeiro vai se unir a uma gangue rival para proteger a si mesmo e as pessoas que ama, combatendo fogo com fogo.

MEU NAMORADO É UM ZUMBI (Warm Bodies)
De Jonathan Levine. EUA, 2013. 12 anos. Com Nicholas Hoult, Teresa Palmer, John Malkovich, Analeigh Tipton, Lizzy Caplan, Dave Franco e Rob Corddry. O protagonista é R (Hoult), um zumbi tentando se adaptar à sua nova condição. Ele não faz ideia do que aconteceu, quem ele era ou mesmo seu nome. Em uma caçada pelas ruínas de uma cidade, flashes da vida de sua vítima surgem. São lembranças vívidas adquiridas diretamente do cérebro que consome e, em meio a esta crise existencial, encontra Julie (Palmer), uma garota humana que ele precisa proteger desesperadamente. R não sabe de onde veio este sentimento, nem quem realmente é a pessoa.

MONSTROS S.A (Monsters, Inc 3D)
De Pete Docter, David Silverman, Lee Unkrich. EUA, 2001. Livre. Monstros S.A. é a maior fábrica de sustos existente. Localizada em uma dimensão paralela, a fábrica constrói portais que levam os monstros para os quartos das crianças, onde eles poderão lhes dar sustos e gerar a fonte de energia necessária para a sobrevivência da fábrica. Entre todos os monstros que lá trabalham o mais assustador de todos é James P. Sullivan (John Goodman), um grande e intimidador monstro de pelo azul e chifres, que é chamado de Sully por seus amigos. Seu assistente é Mike Wzowski (Billy Crystal), um pequeno ser de um olho só com quem tem por missão assustar as crianças, que são consideradas tóxicas pelos monstros e cujo contato com eles seria catastrófico para seu mundo. Porém, ao visitar o mundo dos humanos a trabalho, Mike e Sully conhecem a garota Boo (Mary Gibbs), que acaba sem querer indo parar no mundo dos monstros e provoca a expulsão de ambos para o mundo real.

O VOO (Flight)
De Robert Zemeckis. EUA, 2012. 14 anos. Com Denzel Washington, Don Cheadle, Melissa Leo, John Goodman, Bruce Greenwood e Kelly Reilly. Whip (Denzel Washington) é um piloto de aviação comercial que, com a queda iminente de um avião, assume o comando e consegue salvá-lo com danos mínimos. Logo ele se torna um herói nacional, mas uma investigação interna revela que ele estava voando sob o efeito de drogas e álcool. Tendo consciência disto, Whip não se sente bem com todas as homenagens que recebe, por não se considerar merecedor delas.

PARA MAIORES (Movie 43)
De Peter Farrelly, Elizabeth Banks, Steven Brill, Steve Carr, Rusty Cundieff, James Gunn e Brett Ratner. EUA, 2013. 16 anos. Com Elizabeth Banks, Kristen Bell, Anna Faris, Jimmy Bennett, Leslie Bibb, Kate Bosworth, Gerard Butler e Kieran Culkin. Um adolescente de 15 anos tenta a todo custo encontrar um filme proibido, chamado “Movie 43″. Para tanto ele conta com a ajuda de seu irmão caçula, um gênio da informática, apesar de ter apenas 11 anos. Logo eles descobrem que Movie 43 é na verdade a composição de 14 curta-metragens, sendo que alguns deles são paródias dos super-heróis mais famosos da atualidade, como Super-Homem, Batman e Mulher-Maravilha.

TAINÁ 3 – A ORIGEM
De Rosane Svartman. Brasil, 2012. Livre. Com Wiranú Tembé, Beatriz Noskoski, Igor Ozzy, Gracindo Júnior, Nuno Leal Maia, Guilherme Berenguer e Laila Zaid. Terceiro filme da série infantil que estreou no cinema há dez anos, Tainá – A Origem revela o início da saga. Piratas da biodiversidade invadem a região da Floresta Amazônica onde vive a índia Maya, que morre e deixa órfã a pequena Tainá. Protegida pelas raízes da Grande Árvore, onde sua mãe a deixa, é encontrada pelo pajé Tigê (Gracindo Jr.), que a adota. Cinco anos depois, o avô leva Tainá à aldeia de seu povo, prestes a escolher um novo líder e defensor da natureza. Tainá quer se apresentar ao combate, mas, como é menina, não é aceita. Ela não desiste e, com a ajuda de Laurinha (Beatriz Noskoski), menina da cidade e do índio Gobi, parte para enfrentar os vilões que querem destruir a floresta.

PRÉ-ESTREIAS

ALÉM DAS MONTANHAS (Dupa Dealuri)
De Cristian Mungiu. Romênia/ Bélgica/ França, 2012. Drama. 12 anos. Com Cosmina Stratan, Cristina Flutur, Valeriu Andriuta, Dana Tapalaga. O reencontro de duas jovens, que se amaram enquanto foram criadas num orfanato, choca com os valores do cristianismo ortodoxo na clausura de um mosteiro. Festival de Cannes 2012: Prêmios de Melhor Atriz (Cosmina Stratan e Cristina Flutur) e Melhor Roteiro.

O AMANTE DA RAINHA (En Kongelig Affære)
De Nicolaj Arcel. Dinamarca/ Suécia? República Tcheca. Drama. 14 anos. Jovem rainha da Dinamarca apaixona-se secretamente pelo médico da realeza. Juntos, eles iniciam uma revolução capaz de transformar uma nação para sempre. Festival de Berlim 2012: Urso de Prata de Melhor Ator (Mikkel Boe Følsgaard) e Melhor Roteiro. Também foi indicado ao Urso de Ouro de Melhor Filme.

DE CORAÇÃO ABERTO (À Coeur Ouvert)
De Marion Laine. França/Argentina, 2012. 4 anos. Casados há dez anos, cirurgiões nutrem a paixão pela profissão e um pelo outro, porém a relação perde equilíbrio com a gravidez inesperada da esposa.