De volta à pornochanchada na Sala Walter da Silveira

A Super Fêmea - pontocedecinema.blog.br

A Super Fêmea, de Aníbal Massaini, com Vera Fischer, é um dos filmes em exibição

Depois de homenageada no VIII Panorama Internacional Coisa de Cinema, a pornochanchada está de volta às telas com a mostra Somos todos Mardinais: da Pornochanchada ao Udigrúdi, que começa nesta segunda-feira (19/11) e vai até o dia 25, na Sala Walter da Silveira.

Mais uma boa oportunidade para o público conhecer o gênero brasileiro engendrado na Boca do Lixo de São Paulo – que dominou os cinemas, com sucesso de público, entre os anos 70 e a primeira metade dos 80 -, aqui propondo um diálogo aberto, a partir do próprio título (Somos Todos Marginais), com o cinema marginal, ou udigrúdi, de nomes como Carlos Reichenbach e Ozualdo Candeias.

Na mostra serão exibidas, com entrada franca, verdadeiras pérolas como Filme Demência, de Reichenbach, que morreu este ano, O Bandido da Luz Vermelha, de Rogério Sganzerla, e A Margem, de Candeias, além do documentário Boca do Lixo, a Bollywood Brasileira.

Veja, a seguir a programação completa:

Dia 19/11
Às 14h30
Boca do Lixo, a Bollywood Brasileira (BRA, 2011) – Episódios 1 e 2
Documentário
Direção: Daniel Camargo
Roteiro e Pesquisa: Fábio Vellozo
Direção de Fotografia: Fernanda Riscali
Supervisão Geral: Nelson Hoineff
Duração: 52 minutos
Produção: Canal Brasil/Comalt
Classificação: 18 anos
Sinopse – Através de depoimentos daqueles que vivenciaram a chamada “época de ouro” – como as musas Helena Ramos e Nicole Puzzi; os diretores Sílvio de Abreu, Clery Cunha, Pio Zamuner e Claúdio Cunha; e o galã David Cardoso –, a série de documentários exibida pelo Canal Brasil traça um panorama do começo, auge e decadência deste verdadeiro polo cinematográfico.

Boca do Lixo, a Bollywood Brasileira (BRA, 2011) – Episódios 3 e 4
Documentário
Direção: Daniel Camargo
Roteiro e Pesquisa: Fábio Vellozo
Direção de Fotografia: Fernanda Riscali
Supervisão Geral: Nelson Hoineff
Duração: 52 minutos
Produção: Canal Brasil/Comalt
Classificação: 18 anos
Sinopse – Através de depoimentos daqueles que vivenciaram a chamada “época de ouro” – como as musas Helena Ramos e Nicole Puzzi; os diretores Sílvio de Abreu, Clery Cunha, Pio Zamuner e Claúdio Cunha; e o galã David Cardoso –, a série de documentários exibida pelo Canal Brasil traça um panorama do começo, auge e decadência deste verdadeiro polo cinematográfico. Os temas dos episódios 3 e 4 são respectivamente “Luz, Cama, Ação” e “Céu de Estrelas”

16h30
Uma rua chamada Triumpho 969/70 (BRA, 1971)
Direção: Ozualdo Candeias
Documentário
Duração: 10 minutos
Classificação: 16 anos
Sinopse – Através de fotografias de autoria de Ozualdo Candeias registra-se a região da Boca do Lixo paulistana e as pessoas do meio cinematográfico que por ali circulavam.

A margem (BRA, 1967)
Direção: Ozualdo Candeias
Elenco: Mário Benvenutti, Valéria Vidal, Bentinho, Lucy Rangel, Telé, Karé, Paula Ramos e Brigitte Maier.
Duração: 96 min.
Classificação: 16 anos
Sinopse – Inspirado em acontecimentos reais publicados em jornais populares, o filme aborda o dia a dia da população pobre que vive as margens do rio Tietê através das experiências de quatro personagens. Estes observam logo de início o surgimento no rio de uma mulher numa canoa; ela como que anuncia a morte dos quatro, que ocorrerá na segunda parte do filme.

Dia 20/11
14h30
Filme demência (BRA, 1985)
Direção: Carlos Reichenbach
Elenco: Ênio Gonçalves, Emílio di Biase, Imara Reis, Fernando Benini, Rosa Maria Pestana e Orlando Parolini.
Duração: 90 min.
Classificação: 16 anos
Sinopse – Após assistir impotentemente a falência de sua pequena indústria de cigarros, Fausto mergulha no interior de si mesmo. Rompe com Doris, a esposa infiel, rouba o revólver do zelador do prédio onde mora, e sai pela noite de São Paulo em busca de Mira-Celi, seu paraíso imaginário. Em seu trajeto suicida encontra personagens emblemáticos de sua existência obscura : o amigo de infância e desonesto Wagner, a amante suburbana Mércia, o visionário guru Honduras, um ex-colega da faculdade de economia que vende carros de segunda mão, o cunhado salafrário Dr. Gildo Lobo e seu sócio Dr. José Carlos Barata, amante de Doris, e entre outros, e sobretudo, Mefisto, que surge transvestido de várias formas, inclusive como uma simpática velhinha. É a eterna busca do conhecimento que o conduz à descoberta de seu próprio espelho. Uma viagem onde o importante não é chegar, mas viajar ; um movimento circular permanente que leva Fausto a concluir que nem a alma tem para oferecer à Mefisto.

16h30
A super fêmea (BRA, 1973)
Direção: Aníbal Massaini
Elenco: Vera Fischer, Perry Salles, Walter Stuart e Georgia Gomide.
Duração: 101 min.
Classificação: 18 anos
Sinopse – Um laboratório de produtos farmacêuticos vai lançar no Brasil a pílula anticoncepcional para homens. Para a publicidade de lançamento, contrata os serviços de uma agência de propaganda, que começa a fazer uma pesquisa de opinião entre os consumidores em potencial. A pesquisa revela que 83% dos homens consultados temem tomar a pílula, com receio de que o produto possa diminuir sua virilidade. Na verdade, nada há a temer, demonstra o laboratório, uma vez que, administrada experimentalmente em animais machos, a pílula nada revelou de nocivo à potência. Mas, como induzir o público a aceitar o produto?

Dia 21/11
14h30
O olho mágico do amor (BRA, 1981)
Direção: Ícaro Martins e José Antonio Garcia
Elenco: Carla Camurati, Tânia Alves, Ênio Gonçalves, Sérgio Mamberti e Cida Moreira.
Duração: 84 min.
Classificação: 18 anos.
Sinopse – Uma jovem de 17 anos trabalha como secretária em um escritório na Boca do Lixo, região central da cidade de São Paulo. Um dia descobre atrás de um quadro na parede um pequeno buraco que dá para um quarto de hotel. Ali vive uma prostituta que recebe seus clientes. A jovem deslumbrada e envolvida em seu voyeurismo muda todo o seu cotidiano para poder acompanhar os casos amorosos da prostituta. Produção elogiada pela crítica cinematográfica, foi premiado pela Associação Paulista de Críticos de Arte em nove categorias, incluindo Melhor Filme, História Original, Direção e Fotografia.

16h30
A Noite desejo (Brasil, 1973)
Direção: Fauzi Mansur.
Duração: 98 min.
Elenco: Marlene França, Roberto Bolant e Betina Viany.
Classificação: 18 anos
Sinopse – Dois jovens operários saem em busca de uma noite de prazer pela cidade. Por serem menosprezados por onde passam, eles acabam se divertindo em um bordel barato.

Dia 22/11
14h30
O Mulherengo (BRA, 1976)
Direção: Fauzi Mansur
Duração: 100 minutos.
Elenco: Edwin Luisi, Nádia Lippi, Ambrósio Fregolente e Lisa Vieira.
Classificação: 18 anos
Sinopse – A “Banda dos Peregrinos” instala-se numa pequena cidade do interior. Alípio, um de seus integrantes, vive para duas paixões: mulheres e música. Morto pelo pai de uma das vítimas de seus caprichos donjuanescos, Alípio se vê às voltas com um anjo que só lhe permitirá a entrada no Paraíso se reparar o mal que causou a todas as donzelas, durante sua vida material, arranjando um jeito para que todas se casem e sejam felizes. Alípio, sempre sob a fiscalização do anjo, procura uma a uma suas vítimas e as faz esposas de seus colegas de banda. O anjo, encarnado para poder cumprir sua missão de fiscal, passa a ter sentimentos de mulher, apaixonando-se pelo incorrigível mulherengo.

16h30
Damas do prazer (BRA, 1979)
Direção: Antonio Meliande
Duração: 82 min.
Elenco: Irene Stefânia, Bárbara Fazio, Paulo Hesse e Nicole Puzzi.
Classificação: 18 anos
Sinopse – Os desejos e contradições de um grupo de prostitutas, formado por novatas e veteranas, diante da dura realidade do mercado do sexo na Boca do Lixo, em São Paulo. Segundo filme de Antonio Meliande, um dos maiores fotógrafos do cinema brasileiro. Com roteiro de Ody Fraga, “o pornógrafo dos pornógrafos”, e inspirado em Nana, romance de Émile Zola, Damas do prazer conta com desempenhos magistrais das atrizes Irene Stefânia e Bárbara Fazio.

Dia 23/11
14h30
O Bandido da Luz Vermelha (BRA, 1968)
Direção: Rogério Sganzerla
Elenco: Paulo Villaça, Luiz Linhares, Helena Ignêz, Sobrinho Pagano, Roberto Luna, José Marinho, Ezequiel Neves e Sérgio Mamberti.
Duração: 92 min.
Classificação: 16 anos
Sinopse – Marginal paulista coloca a população em polvorosa e desafia a polícia ao cometer os crimes mais requintados. Conhece a provocante Janete Jane, famosa em toda a Boca do Lixo, por quem se apaixona. Ela o delata, provocando o seu suicídio.

16h30
Sexo às avessas (Brasil, 1982)
Direção: Fauzi Mansur
Duração: 92 min.
Elenco: Serafim Gonzales, Ana Maria Kreisler e Ênio Gonçalves .
Classificação: 18 anos
Sinopse – Casal inverte seus papéis na vida conjugal: ele se dedica às tarefas domésticas e ela se torna uma executiva conquistadora. A vida de ambos é abalada pelo flagrante de adultério entre a mulher e um amigo do marido que se tornou prostituto.

Dia 24/11
14h30
Mulher objeto (BRA, 1981)
Direção: Sílvio de Abreu
Duração: 125 min.
Elenco: Helena Ramos, Nuno Leal Maia, Kate Lyra e Maria Lúcia Dahl.
Classificação: 18 anos
Sinopse – Regina não passa de uma submissa e reprimida ex-secretária que só alcança o prazer através de fetiches que não abandonam sua imaginação. Ela sofre com essa situação incomum, que ameaça o confortável casamento com o rico empresário Hélio e, atormentada pela intensidade dos devaneios picantes, não consegue se relacionar sexualmente com o marido.

17h
Karina, Objeto de Prazer (BRA, 1982)
Direção: Jean Garret
Duração: 84 min.
Elenco: Angelina Muniz, Rosina Malbousian, Luigi Picchi e Cláudio Cunha.
Classificação: 18 anos
Sinopse – Filha de um pescador, Maria do Carmo é comprada por Rufino, que a prostitui sob o nome de Karina. Lucas, outro marginal, interessa-se por ela e passa a tentar conquistar seus favores, mas em vão. Numa partida de pôquer, Rufino aposta Karina com Lucas e perde, mas ela não quer entregar-se ao vencedor e Rufino a espanca violentamente. Karina mata-o. Na prisão, tem pesadelos, recordando os tempos em que viveu com Rufino. Conhece a advogada Sheila, que se propõe a defendê-la e consegue autorização para levá-la para sua casa à beira-mar. A amizade entre as duas vai se transformando em relação sexual.

Dia 25/11
14h30
Sábado Alucinante (BRA, 1979)
Direção: Cláudio Cunha
Duração: 106 min.
Elenco: Djenane Machado, Rogério Fróes, Simone Carvalho, Neuza Borges, Sandra Bréa, Maurício do Valle e Fernando Reski.
Classificação: 14 anos
Sinopse – Da noite de sexta-feira até a madrugada de domingo, as portas de um novo mundo se abrem no interior de uma discoteca na Zona Sul do Rio de Janeiro. São emoções e conflitos vividos por uma série de personagens, que encontram na pista de dança o palco ideal para representarem a tragédia de suas vidas.

16h30
Como Salvar Meu Casamento (S.O.S sex shop, BRA, 1984)
Direção: Alberto Salvá
Dureção: Wilma Aguiar, Carlos Capeletti, Malu Rocha, Matilde Mastrangi e Walter Breda.
Duração: 81 min.
Classificação: 18 anos
Sinopse – Um casal vive em profunda crise conjugal. O marido é levado por amigos a uma sexshop e ganha de presente uma língua de borracha. Com o objeto, consegue fazer a esposa chegar ao orgasmo e salva seu casamento.

20h30
Boca do Lixo, a Bollywood Brasileira (BRA, 2011) – Episódio 5
Documentário
Direção: Daniel Camargo
Roteiro e Pesquisa: Fábio Vellozo
Direção de Fotografia: Fernanda Riscali
Supervisão Geral: Nelson Hoineff
Duração: 26 minutos
Produção: Canal Brasil/Comalt
Classificação: 18 anos
Sinopse – Episódio Fuk Fuk à brasileira