Confira as estreias e pré-estreias da semana

Homem de Ferro 3 - pontocedecinema.blog.br

Homem de Ferro 3, em 3 D, de Shane Black, domina as atenções: é o blockbuster da vez

# Semana de 26.4 a 2.5.2013. Leia a seguir as sinopses, conforme enviadas pelos exibidores, e veja os trailers dos filmes. Para saber mais sobre as estreias e pré-estreias, os filmes que continuam em cartaz, exibições e mostras especiais, além do horário, consulte Em cartaz, ao lado.

ESTREIAS

CORAÇÃO DO BRASIL
De Daniel Santiago. Brasil, 2012. Livre. Cinquenta anos depois da expedição dos irmãos Villas-Bôas para demarcar o centro geográfico do Brasil, em 1958, três participantes dessa jornada – Sérgio Vahia de Abreu, o cacique Raoni e o documentarista inglês Adrian Cowell – retomam o mesmo trajeto, revisitando aldeias, reencontrando personagens e constatando a dramática evolução da condição indígena ao longo dos anos.

HOMEM DE FERRO 3 EM 3D (Iron Man 3)
De Shane Black. EUA, 2013. 12 anos. Com Robert Downey Jr., Ben Kingsley, Don Cheadle, Samuel L. Jackson, Gwyneth Paltrow, Jon Favreau, Guy Pearce, Luke Falconer e James Badge Dale. Desde o ataque dos chitauri a Nova York, Tony Stark (Robert Downey Jr.) vem enfrentando dificuldades para dormir e, quando consegue, tem terríveis pesadelos. Ele teme não conseguir proteger sua namorada, Pepper Potts (Gwyneth Paltrow), dos vários inimigos que passou a ter após vestir a armadura do Homem de Ferro. Um deles, o Mandarim (Ben Kingsley), decide atacá-lo com força total, destruindo sua mansão e capturando Pepper. Para enfrentá-lo, Stark precisará ressurgir do fundo do mar, para onde foi levado junto com os destroços da mansão, e superar seu maior medo: o de fracassar.

MÃE E FILHA.
De Petrus Cariry. Brasil, 2011. 12 anos. Com Zezita Matos e Juliana Carvalho. Depois de uma longa separação, mãe e filha se encontram no sertão, entre ruínas e lembranças. O destino da filha nega o sonho da mãe. O passado é um círculo que aprisiona os vivos e os mortos. A filha quer romper, mas as sombras
espreitam.

RÂNIA
De Roberta Marques. Brasil, 2012. 14 anos. Com Graziela Felix, Mariana Lima, Nataly Rocha, Demick Rocha. Rânia frequenta as aulas na escola, trabalha num quiosque, ajuda a mãe em casa e ainda aceita a proposta de uma amiga de trabalhar à noite na boate Sereia da Noite. Quando ela conhece a coreógrafa Estela, seu sonho de se tornar bailarina fica mais perto de se realizar.

UM BOM PARTIDO (Playing For Keeps)
De Gabriele Muccino. EUA, 2011. 12 anos. Com Gerard Butler, Jessica Biel, Dennis Quaid, Noah Lomax, Uma Thurman, Catherine Zeta-Jones, James Tupper e Judy Greer. George (Gerard Butler) é um ex-jogador de futebol que, na tentativa de se aproximar do filho, passa a treinar a equipe juvenil na qual ele joga. Só que ele não consegue se manter afastado e vive dando em cima das mães dos colegas de seu filho.

PRÉ-ESTREIAS

THERESE D. (Thérése Desqueyroux)
De Claude Miller. França, 2012. 14 anos. Com Audrey Tautou, Gilles Lellouche, Anaïs Demoustier, Catherine Arditi. França, década de 1920. Thérèse é uma adorável e espirituosa jovem mulher que se casa com Bernard Desqueyroux, seu vizinho, transformando assim suas respectivas terras em uma grande propriedade. Bernard tolera a personalidade e as opiniões fortes de sua brilhante esposa, mas ela logo se vê sufocada pelo tédio de sua vida provincial e pela mediocridade intelectual de seu marido. Ela sonha com a efervescência cultural de Paris e começa a procurar uma maneira de revolucionar sua vida.

UMA GARRAFA NO MAR DE GAZA (Une Bouteille à la Mer)
De Thierry Binisti. França, 2011. 12 anos. Com Agathe Bonitzer, Mahmud Shalaby, Hiam Abbass e Riff Cohen. Jovem judia de Jerusalém, crescida em Paris, deseja entender porque sua cidade recebe ataques constantes que acabam com a vida de pessoas simples e inocentes como ela. Através do irmão, ela manda um recado em uma garrafa que chega em Gaza. Um jovem palestino recebe a carta e passa a se comunicar com a “vizinha” por e-mail.

VOCÊS AINDA NÃO VIRAM NADA! (Vous N’Avez Encore Rien Vu)
De Alan Resnais. França, 2012. Drama. 12 anos. Com Lambert Wilson, Mathieu Amalric, Michel Piccoli, Anne Consigny. Após sua morte, o dramaturgo Antoine convoca em testamento seus amigos e atores que participaram de diferentes versões de sua peça, Eurydice. Em uma gravação realizada em vida, ele pede que todos capturem sua visão das repetições desta peça, que deve ser mais uma vez encenada.