A volta de Titanic, de James Cameron, rouba a cena

Titanic - pontocedecinema.blog.br

Leonardo DiCaprio e Kate Winslet: clássica sequência do filme que retorna no centenário da tragédia do Titanic

Uma semana com muitas estreias, a partir desta sexta-feira (13/4), em que a volta do blockbuster Titanic (1997), de James Cameron, em 3D, rouba a cena de filmes como As Flores de Kirkuk, o iraquiano que aborda uma história de amor vivida sob o regime de Saddam Hussein, À Margem do Lixo, documentário de Evaldo Mocarzel, e O Guarda, premiado filme irlandês.

O conceituado Heitor Dhalia (Nina) mostra como se saiu em sua primeira experiência em Hollywood, com 12 Horas, assim como Gerson Sanginitto, com Área Q., produção norte-americana sobre ufologia filmada no Ceará.Tem ainda À Toda Prova, do sempre imprevisível Steven Soderbergh, e uma inacreditável Debbie Reynolds, de Cantando na Chuva, como coadjuvante na comédia Como Agarrar Meu Ex-namorado.

Não dá para esquecer das pré-estreias: A Fonte das Mulheres, de Radu Mihaileanu, apresenta uma história mirabolante envolvendo mulheres que fazem greve de sexo com os maridos – o que pode ser muito interessante -; A Guerra Está Declarada, o indicado da França ao Oscar de melhor filme estrangeiro; e O Porto, o novo filme do sempre humano Aki Kaurismäki, o diretor finlandês de O Homem Sem Passado.

Como se vê, filmes a mancheias.

#Leia a seguir as sinopses, conforme enviadas pelos exibidores, e veja os traileres dos filmes. Para saber mais sobre as estreias e pré-estreias, os filmes que continuam em cartaz, exibições e mostras especiais, além do horário, consulte Em cartaz, ao lado.

ESTREIAS
12 HORAS (Gone)
De Heitor Dhalia. EUA, 2012. 14 anos. Com Amanda Seyfried, Jennifer Carpenter, Daniel Sunjata e Wes Bentley. Quando Jill Parrish (Amanda Seyfried) volta pra casa do seu trabalho noturno e encontra a cama de sua irmã vazia, fica convencida de que o serial killer que a raptou dois anos antes voltou para terminar o serviço. Mas a polícia não acredita nela e Jill sabe que o tempo está se esgotando.

AS FLORES DE KIRKUK (Golakani Kirkuk)
De Fariborz Kamkari. Iraque/Itália, 2011. 14 anos. Com Morjana Alaoui, Mohammed Bakri. Jovem iraquiana que estudou na Itália resolve retornar ao Iraque, ainda no regime de Saddam Hussein, para descobrir o que aconteceu com seu namorado da época da escola. Ela passa a fazer parte do exército e ajuda ilegalmente a população da etnia de seu amado, que planeja libertar da prisão.

À MARGEM DO LIXO
De Evaldo Mocarzel. Brasil, 2008. Livre. O documentário acompanha a rotina dos catadores de papel e materiais recicláveis na cidade de São Paulo. Um documentário que aposta no capitalismo mais humano, com mais justiça social.

ÁREA Q. (Area Q.)
De Gerson Sanginitto. EUA, 2011. 10 anos. Com Isaiah Washington, Ronnie Gene Blevins, Tânia Khalil, Leslie Lewis e Murilo Rosa. Thomas Mathews (Isaiah Washington) é um repórter conceituado no meio jornalístico. Ele acaba aceitando fazer uma reportagem no Brasil para investigar situações inexplicáveis. Chegando no Ceará, em um lugar conhecido como Área Q., encontra João Batista (Murilo Rosa).

À TODA PROVA (Haywire)
De Steven Soderbergh. EUA, 2011. 14 anos. Com Channing Tatum, Ewan McGregor, Michael Douglas, Michael Fassbender, Antonio Banderas e Bill Paxton. A agente secreta Mallory Kane (Gina Carano) foi treinada por seu parceiro, Kenneth (Ewan McGregor). Depois da falha de uma missão em Barcelona, Mallory vai para Dublin e trabalha ao lado de Paul (Michael Fassbender). Os rumos desta nova missão levam Mallory a uma armadilha.

COMO AGARRAR MEU EX-NAMORADO (One For The Money)
De Julie Anne Robinson. EUA, 2012. 12 anos. Com Katherine Heigl , John Leguizamo, Jason O’Mara, Debbie Reynolds e Daniel Sunjata. Recém-demitida e divorciada, Stephanie (Katherine Heigl) convenceu o primo Vinnie (Patrick Fischler) a empregá-la como caçadora de recompensas. Já em sua primeira missão, ela tem de capturar o policial aposentado Joe (Jason O’Mara), que descobre ser um ex-namorado que a seduziu e abandonou no colegial.

O GUARDA (The Guard)
De John Michael McDonagh. Irlanda, 2011. 14 anos. Com Brendan Gleeson, Don Cheadle. Dois tiras bem diferentes são obrigados a se unir para enfrentar uma quadrilha de tráfico internacional de drogas. São eles o sargento Gerry Boyle, um rude e excêntrico policial do interior da Irlanda, e Wendell Everett, sério e compenetrado agente do FBI. Melhor Filme Irlandês do Ano, Melhor Diretor e Melhor Roteiro no Irish Film & Television Awards 2012.

TITANIC (Titanic)
De James Cameron. EUA, 1997. 10 anos. Com Leonardo DiCaprio, Kate Winslet, Billy Zane, Kathy Bates, Frances Fisher, Gloria Stuart e Bill Paxton. A versão em 3D é uma homenagem aos 100 anos da viagem inaugural do navio Titanic, que aconteceu em abril de 1912. O diretor James Cameron reconstrói a história da embarcação pelo viés romântico. Os jovens Jack (Leonardo DiCaprio) e Rose (Kate Winslet) – ele um pobretão e ela, uma rica garota da sociedade – apaixonam-se durante o percurso do Titanic, interrompido pelo choque em um imenso iceberg.

PRÉ-ESTREIAS

A FONTE DAS MULHERES (La Source des Femmes)
De Radu Mihaileanu. Bélgica/Itália/França, 2011. 14 anos. Com Leïla Bekhti e Hafsia Herzi. Esta comédia dramática é uma fábula moderna que se passa em uma pequena vila onde mulheres ameaçam fazer greve de sexo se os homens não buscarem água em um lugar longínquo. A rebelião é liderada pela jovem liberal Leila.

A GUERRA ESTÁ DECLARADA (La Guerre Est Déclarée)
De Valérie Donzelli. França, 2011. 14 anos. Com Valérie Donzelli e Jérémie Elkaïm. Romeo e Juliette se conhecem, se apaixonam e brincam que estão fadados a um destino trágico, devido a seus nomes. Ao terem um filho, Adam, a teoria do casal é colocada em prática: Adam desenvolve um tumor no cérebro ainda pequeno e o casal passa a enfrentrar problemas reais da vida adulta, com um tom de esperança. História vivida na realidade pela diretora e o ator principal do filme.

O PORTO (Le Havre)
De Aki Kaurismäki. França/Alemanha/Finlândia, 2011. 12 anos. Com André Wilms, Kati Outinen. Marcel Marx é um escritor conhecido pela boemia. Por vontade própria, ele resolveu se exilar na cidade portuária de Havre, onde passa a trabalhar como engraxate de sapatos. A nova função faz com que Marcel se sinta mais próximo das pessoas, já que pode servi-las. Ele leva uma vida tranquila ao lado da esposa, Arletty, até o dia em que uma criança negra vinda da África surge em sua vida. Com o auxílio de alguns vizinhos, resolve esconder o menino e encontrar sua família, enquanto tenta despistar o detetive encarregado de localizar o imigrante ilegal.